Prefeitura ingressou na Vara da Fazenda Pública para garantir 30% da frota de ônibus urbanos nas ruas

A Procuradoria Jurídica da Prefeitura de Alagoinhas ingressou hoje com ação na Vara da Fazenda Pública visando garantir a disponibilidade de 30% da frota de ônibus nas ruas da cidade.

A decisão da Justiça é aguardada para noite desta quinta-feira e se a solicitação do governo municipal for deferida a cidade terá parcialmente amanhã o transporte coletivo.

Sem dúvida, 30% é melhor do que nada, mas certamente os usuários enfrentarão grande desconforto pelo número insuficiente de veículos nas linhas dos diversos bairros de Alagoinhas.

Em dias normais, o serviço já é ruim, imagine com menos da metade da frota de ônibus urbanos nas ruas.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje