Prefeitura de Entre Rios destrói casas e desocupa conjunto do Programa Minha Casa Minha Vida – Exclusiva

ENTRE RIOS MINHA CASA MINHA VIDA 1

Na última terça-feira, 16 de Julho, advogados da Prefeitura de Entre Rios, assistentes sociais da Secretaria Municipal de Assistência Social, funcionários de outras secretarias, oficial de justiça e policiais militares estiveram no conjunto habitacional Minha Casa Minha Vida do bairro Bela Vista para desocupar os imóveis, mas o que se viu foi o uso desmedido da força contra mulheres e crianças que ocupavam aproximadamente 30 casas.

Segundo Osmar Pereira de Moraes, ativista social com atuação no bairro Bela Vista, um trator deslocado para o conjunto derrubou cerca de 15 casas, o que causou estranheza porque a ordem judicial teria sido para desocupar e não destruir as casas. “Três dias antes, as famílias foram informadas sobre a necessidade de desocupar os imóveis, mas como  não tinham para onde ir, a única alternativa foi permanecer no local”, afirma Osmar.

ENTRE RIOS MINHA CASA MINHA VIDA 2

Ele considera que houve  uso excessivo da força e uma grande violência contra os ocupantes dos imóveis, que estavam cadastrados no Programa Minha Casa Minha Vida, mas como não tinham perspectivas de receber suas unidades habitacionais, há três meses começaram a invasão. “Todos gastaram dinheiro colocando portas, janelas e outros itens necessários em uma casa para assegurar as mínimas condições de moradia e agora não têm mais nada, porque 15 casas foram totalmente destruídas pelo trator da Prefeitura de Entre Rios e as outras desocupadas”, enfatiza o ativista social.

Para Osmar, a brutalidade dos prepostos da Prefeitura de Entre Rios chocou as pessoas diretamente envolvidas na questão, mas também os moradores do bairro Bela Vista, o mais populoso do município. “Até agora não entendemos a verdadeira motivação da derrubada das casas”, disse.

A Polícia Militar, embora armada ostensivamente, não ameaçou os moradores.

Os móveis foram recolhidos e transportados em um caminhão da prefeitura, mas ninguém sabe o destino deles. Além de perder o teto, as famílias muito provavelmente perderão seus pertences.

As famílias foram instaladas provisoriamente em um abrigo municipal e no Gonzagão.

O Alagoinhas Hoje publica  fotos que registram de forma incontestável a destruição praticada pelos prepostos da Prefeitura de Entre Rios.

ENTRE RIOS MINHA CASA MINHA VIDA 6

ENTRE RIOS MINHA CASA MINHA VIDA 5

ENTRE RIOS MINHA CASA MINHA VIDA 3

 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje