Preços globais de alimentos caem em abril pelo 3º mês consecutivo

Os preços globais de alimentos caíram pelo terceiro mês consecutivo em abril, com recuo de todas as commodities agrícolas exceto carnes, disse a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) nesta quinta-feira.

O índice de preços de alimentos da FAO tem registrado queda nos últimos cinco anos, devido à grande oferta, à desaceleração da economia global e ao dólar mais forte.

O índice mede mensalmente as mudanças em uma cesta de produtos, incluindo cereais, oleaginosas, laticínios e açúcar.

Em abril, o índice atingiu 168 pontos, queda de 1,8 por cento ante março.

Os preços da carne suína foram impulsionados por forte demanda na União Europeia e por maiores vendas na China e na Coreia do Sul, enquanto a demanda sazonal elevou os custos da carne ovina.

O açúcar puxou o declínio de todas as outras commodities agrícolas, com recuo de 9,1 por cento devido à expectativa de grande oferta no Brasil em meio a uma demanda fraca por importações ao redor do mundo.

Fonte: Exame

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje