“Peneira” do Bahia foi realizada em Entre Rios

PENEIRA 1

O Estádio Municipal Maria dos Prazeres recebeu 315 garotos neste domingo para a peneira do Esporte Clube Bahia, avaliada pelos observadores técnicos Adilio Gomes e Dico Santos.

A seleção foi com garotos nascidos entre 1996 e 2000 e de qualquer munícipio da região. Foram várias partidas de 15 a 20 minutos, considerados pelos observadores como suficientes e importantes para avaliar não só a condição técnica como a emocional: “Nosso principal objetivo é avaliar a qualidade técnica e existem alguns parâmetros, como o biotipo do jogador para determinada posição e o que já temos em nosso centro de treinamento em cada posição”, enfatizou Adílio Gomes.

Os selecionados irão para a 2ª etapa, que consiste em ficar alojado no hotel  do Fazendão por cerca de uma semana, onde passarão por avaliação técnica com o grupo (mirim, infantil ou pré-infantil) por intermédio de coletivos e jogos para que diminuam a margem de erro. Se aprovados, se juntarão aos jogadores que já estão no Fazendão.

O observador técnico Adílio Gomes aproveitou a oportunidade para  parabenizar a organização do evento, que os possibilitou ter tranquilidade para avaliar os jogadores.

Organizadores do evento, Luiz Cláudio (Nenzinho) e Valdeci da Luz (Vavá) demonstraram satisfação pelo sucesso e a realização pessoal por ver dezenas de garotos com a possibilidade de buscar seu sonho e como foi o processo para conseguir realizar a seleção: “Procuramos a melhor forma para fazer essa avaliação. Primeiro, foi feito o cronograma do evento, depois nos reunirmos no Fazendão com o Nelson Góes, coordenador da divisão de base do Bahia, e procuramos uma data adequada para ambas as partes”, esclareceu.

Acompanhado pelo seu técnico da escolinha de futebol, Jean dos Santos, 13 anos, é fã de Neymar, mora com os pais e os quatro irmãos. Quando  questionado porque quer ser jogador de futebol não pensou duas vezes: “Para ser alguém na vida e ajudar meus pais”, contou.

A secretária municipal de Esporte, Cultura e Lazer, Estela Mendes acrescentou o quanto é importante o futebol na vida desses jovens: “Nossa busca é pela inclusão social, o esporte, principalmente o futebol, que é um dos caminhos para esses jovens encontrarem alternativas visando praticar uma atividade. O trabalho das escolinhas de futebol é maravilhoso, pois os instrutores cobram também os estudos. Então, a prefeitura sempre está apoiando eventos que são organizados por pessoas da sociedade civil e estimulam o esporte na nossa cidade, trabalhando junto com o poder público”, afirmou.

A secretária também informou que a pedido do prefeito foi criada uma equipe só para desenvolver o esporte e que em breve serão iniciados vários campeonatos, valorizando diversas as modalidades esportivas durante todo o ano.

Morador do bairro da Bela Vista, Samuel Almeida disse estar feliz com essa iniciativa “É uma maneira de tirar as crianças da rua. Então é uma bela iniciativa do nosso gestor e esperamos que não pare por aqui”, afirma.

Foram selecionados três garotos, um da cidade de Entre Rios e dois de outro município, no entanto, os observadores técnicos preferiram não divulgar os nomes.

PENEIRA 2Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Entre Rios – Fotos: Divulgação

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje