Paulo Azi ressalta importância cultural, esportiva e econômica das vaquejadas

Em discurso no plenário da Câmara dos Deputados, o deputado federal Paulo Azi (DEM) falou, sobre a importância da PEC que regulamenta as vaquejas e rodeios no Brasil, aprovada em primeiro turno na noite desta quarta-feira (10) com 366 votos favoráveis, 50 contrários e 6 abstenções. O relator da proposta comemorou a aprovação da medida e ressaltou a importância cultural, esportiva e econômica das vaquejadas para o país.

 

“Estamos tratando de uma atividade que movimenta mais de 8 bilhões de reais e que emprega mais de três milhões de brasileiros. Tive a responsabilidade de relatar essa matéria na comissão criada para discutir o assunto e lá já cheguei com a convicção da importância dessa atividade, que não é apenas uma atividade cultural e esportiva, mas é fundamentalmente hoje uma atividade econômica”, afirmou.

 

Azi destacou, ainda, a relevância do assunto para o nordeste brasileiro e fez questão de reiterar que não há crueldade com os animais que participam de vaquejadas e rodeios. “Como nordestino sei da importância da vaquejada para os estados no norte e nordeste do nosso país. Como brasileiro sei da importância dos rodeios para os estados do centro-oeste, sul e sudeste. Por isso, dedicamos o debate da comissão para afinal responder a controvérsia levantada pelo Supremo Tribunal Federal, sobre a crueldade animal. Tivemos a oportunidade de ouvir especialistas e veterinários, que nos apresentaram dados científicos de que essas atividades em nenhum momento provocam maus tratos”, declarou.

A matéria sobre a Vaquejada contempla as propostas de emenda à Constituição 270/16 e 304/17, que classifica rodeios e vaquejadas e suas expressões artístico-culturais como patrimônio imaterial brasileiro e determina que práticas desportivas que utilizem animais não são cruéis, respectivamente. A PEC segue agora para votação em segundo turno.

 

Fonte: Assessoria de imprensa do deputado Paulo Azi

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje