Mulheres empresárias crescem e se destacam no mercado

As mulheres estão consolidando seu espaço não apenas no mercado de trabalho, mas no campo do empreendedorismo, em uma tendência crescente por todo o país.

Na região Nordeste, elas representam 51,8% do universo de empreendedores, superando a média nacional de 49,6%, conforme pesquisa divulgada pelo Global Entrepreneurship Monitor (GEM), em parceria com o Sebrae.

Na Bahia, as trabalhadoras por conta própria passaram de 27,8% para 29,8%, entre 2001 e 2011, segundo o Anuário do Trabalho da Micro e Pequena Empresa. Nesse mesmo período, o número de empregadoras do sexo feminino acompanha esse crescimento, passando de 24,1% para 28,1%.

Para a coordenadora da Unidade de Atendimento Individual do Sebrae Bahia, Fernanda Gretz, esses dados revelam a capacidade dessas mulheres à frente da gestão de pequenos negócios, se destacando como empreendedoras.

Ela aponta o crescimento econômico da região nordeste como um dos elementos contribuintes para o expressivo número de mulheres de negócios na região. “O Sebrae possui produtos específicos para o perfil feminino, como os cursos e iniciativas a exemplo do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios”, destaca.

Prêmio – O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios foi entregue nesta quinta-feira, dia 7, em Brasília. A Bahia teve duas representantes na final nacional. Uma delas foi a costureira Annete Santana, como empreendedora individual. Há cerca de 10 anos, Annete se sustenta exclusivamente com a costura.

“Fui me organizando e sempre planejando para crescer”, diz. Com a possibilidade de se cadastrar como Empreendedora Individual, novas oportunidades surgiram. “Além de possuir um CNPJ, posso emitir nota fiscal, o que é muito válido para a compra de tecidos”, destaca a costureira.

A segunda representante baiana a disputar a etapa nacional foi a empresária de Ilhéus, Janete Lainha Coelho, proprietária da Casa Camarim. Ela trabalha com aluguel de fantasias e acessórios e venceu a etapa baiana na categoria Pequenos Negócios. “Aprendi a estabelecer metas e a definir estratégias a médio e longo prazo. E o Sebrae tem papel fundamental nessa caminhada. Espero que meu exemplo sirva de incentivo para outras mulheres”, declara.

No total, 3.625 mulheres se inscreveram nesta edição do prêmio em todo o país. A Bahia contou com a participação de 465 mulheres.

As inscrições para a edição 2013 da premiação abrem nesta sexta-feira, dia 8 de março, e seguem até o dia 31 de julho. As interessadas podem se inscrever gratuitamente através do site Mulher de Negócios.

Fonte: Secretaria Estadual da Indústria, Comércio e Mineração

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje