Menino de 10 anos é esfaqueado no pescoço em Nova Brasília

hospital-do-suburbio

A Polícia Civil ainda não identificou o suspeito de ter esfaqueado um menino de 10 anos, na madrugada desta terça-feira, 12, na Travessa Bulgária, na localidade Nova Brasília de Valéria.

O garoto foi ferido no pescoço, por volta das 2 horas, enquanto dormia na porta da casa da tia. Ele foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Valéria e depois foi transferido para o Hospital do Subúrbio (HS), onde, até a noite, permanecia internado.

Mussum, como o menino é conhecido na comunidade, é morador de rua, usuário de maconha e cocaína e trabalha como olheiro para traficantes do bairro, segundo informou a tia à polícia. Ainda conforme ela, a criança foi abandonada pelos pais, que  também são  moradores de rua, e, desde então, passou a se envolver com a criminalidade.

A mulher informou  ainda à polícia que não tem condições de criar o menino, pois tem três filhas e ainda cuida da irmã de Mussum, uma menina de 12 anos. Ela não soube dizer a motivação para o crime, nem quem teria praticado. O suspeito fugiu logo após a ação e levou a faca.

Familiares de Mussum foram procurados, mas, não foram localizados. O Conselho Tutelar e a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente (Derca) foram acionados.

Sem registro

A delegada Ana Crísia Macêdo, titular da Derca, disse que, até o final do dia, o fato não havia sido registrado. “Estes casos são registrados como tentativa de homicídio  e depois encaminhados para a [Derca] ou para a delegacia da área [8ª Delegacia do CIA]”, avaliou a titular.

Fonte: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje