Matéria publicada na Folha de São Paulo informa que Luiz Argôlo poderá não ser cassado

Matéria assinada pelo jornalista baiano Aguirre Talento, publicada no site da Folha de São Paulo às 16h52 de hoje, registra o placar do Conselho de Ética, que votou pela cassação do deputado federal Luiz Argôlo (SDD) por 13 x 4, e diz que o parlamentar baiano poderá não perder o mandato se não for julgado pelo plenário da Casa até dezembro.

O Alagoinhas Hoje publica um trecho da matéria: “O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados decidiu, por 13 votos a 4, pela cassação do deputado Luiz Argôlo (SDD-BA) por envolvimento com o doleiro Alberto Youssef.

Depois do posicionamento do conselho, o processo de cassação de Argôlo terá que ser apreciado pelo plenário da Câmara. Com a aproximação do fim da legislatura, é possível que o deputado não perca seu mandato até dezembro.

Argôlo não foi reeleito, mas ficou como suplente, podendo vir a assumir novamente o cargo na próxima legislatura.”

Alagoinhas inteira e o Brasil sabem que o deputado está tentando todas as manobras protelatórias para preservar o mandato e seus direitos políticos. Ele nega as acusações e afirma não ter nenhuma relação escusa com o doleiro e nem com o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras.

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje