Líder por 27 anos, Gol perde posto para Palio em 2014

Após 27 anos seguidos de hegemonia, o Volkswagen Gol perdeu a liderança nas vendas de veículos no país. O Fiat Palio assumiu a ponta, com uma diferença de apenas 381 carros, de acordo com os dados apurados pela Folha.

A virada começou a se desenhar no fim de 2013, quando o Gol G4, então o carro mais barato da VW no Brasil, deixou de ser produzido. O modelo, que representava 23% das vendas da linha, foi substituído pelo Up!.

A Fiat também mexeu em sua gama na mesma época, aposentando o modelo Mille, que era o automóvel nacional de menor preço. Para ocupar seu lugar no mercado, a marca italiana reduziu o preço da versão Fire do Palio –que hoje responde por cerca de 55% das vendas do modelo– e partiu para uma estratégia agressiva de vendas no varejo e também para frotistas.

A diferença entre os concorrentes foi diminuindo mês a mês no primeiro semestre de 2014, e o compacto da Fiat passou a obter os melhores resultados de emplacamentos a partir de junho.

Em novembro, a Volkswagen lançou uma versão mais em conta do Gol, chamada Special, por a partir de R$ 27.990. Esse modelo impulsionou as vendas no fim do ano e fez o compacto ficar na frente no mês de dezembro. Porém, no acumulado do ano, o Palio levou vantagem.

Em nota, a Volkswagen diz que “o Gol é um vencedor, tendo sido o preferido dos brasileiros por 27 anos consecutivos”. O modelo mantém o título de carro mais produzido na história da indústria nacional, com mais de 7,5 milhões de unidades –cerca de 1,2 milhão foram exportadas.

A Fiat evitou comemorar os resultados antes da hora, mas agora já trabalha em ações de marketing para ressaltar que seu produto é o mais vendido do país, como a VW vinha fazendo nos últimos 27 anos.

Porém, há outros modelos de olho no topo do ranking. A Ford busca a primeira colocação com o novo Ka, que estreou no segundo semestre de 2014 e vem crescendo mês a mês. Já a Chevrolet continua a investir no hatch Onix, que hoje é o modelo mais vendido da marca no país.

Fonte: Folha de São Paulo

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje