Joseildo defende nome do PT para sucessão de Wagner: “O timoneiro dessa revolução silenciosa é o Partido dos Trabalhadores”

Durante o ato de apoio a candidatura de Everaldo Anunciação à presidência do PT, ontem, no Hotel Fiesta, em Salvador, o deputado Joseildo Ramos (PT) defendeu um nome do partido para disputar a sucessão do governador Jaques Wagner. “ Nós fizemos uma política de aliança onde todos os aliados cresceram conosco. Agora, a orientação das políticas públicas transformadoras está na cartilha do PT. Quer queira, quer não, o timoneiro dessa revolução silenciosa é o Partido dos Trabalhadores”, afirmou.

Cerca de 3 mil militantes de diversas regiões do estado participaram do encontro que reuniu representantes de três forças internas do partido: Reencantar, EPS e parte da CNB. Deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores e secretários de estado, além do senador Walter Pinheiro, estiveram no Fiesta.  Em seu discurso, Joseildo defendeu ainda o Projeto de Lei de iniciativa popular da reforma política, tema de campanha nacional do partido. O PL propõe, dentre outras coisas, o financiamento público de campanha e a mudança do calendário eleitoral.  “ A sociedade brasileira não está representada em todos os níveis no parlamento brasileiro em função da estrutura política que nós temos. Hoje o dinheiro público financia campanha de forma  transversa e isso é a origem do processo de corrupção nesse país”, comentou.

O deputado destacou a importância da democracia interna do PT, sendo o único partido a eleger seus dirigentes a partir de um Processo de Eleição Direta (PED). “ Não tem cacique, não tem chefe e ao mesmo tempo é o partido que está escolhendo o melhor nome, o mais qualificado para suceder Wagner e fazer um governo ainda melhor do que ele está fazendo”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Imprensa do deputado Joseildo Ramos

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje