Gastos do Estado serão debatidos na Uefs

Amanhã às 19h, no auditório do módulo 2 da Universidade Estadual de Feira de Santana, o professor Antonio Magalhães Ribeiro apresentará um painel, com o tema “dez anos de finanças públicas do Estado da Bahia”, com foco na qualidade dos gastos e no endividamento.

Especialista em finanças públicas com doutorado em Sociologia Econômica pela Universidade de Lisboa, o professor discorrerá sobre o desequilíbrio entre o crescimento das receitas e das despesas, a significativa elevação dos gastos com pessoal temporário, as Parcerias Público-Privadas e as prioridades orçamentárias, além do crescente endividamento do Estado, de R$ 11,5 bilhões em 2008 para R$ 25,8 bilhões em 2019.

Segundo Ribeiro, as despesas de custeio cresceram desproporcionalmente e os gastos com a dívida pública inibem o volume de investimentos. O professor doutor lamenta que áreas fundamentais para o desenvolvimento perderam espaço no orçamento entre 2006 e 2019, a exemplo da educação e agricultura (14,42% e 34,69%, respectivamente).

Privilegiada na distribuição dos recursos, a fatia de Desporto e Lazer cresceu 314% e Urbanismo, 308%. A Segurança Pública avançou 6,6%, o Legislativo 2,7% e a Saúde 2,3%. O evento é aberto ao público e promete ser de grande importância para todos que se interessam pela saúde financeira do Estado.

 

Fonte: Coluna Tempo Presente/A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje