Fim da reeleição: “PSDB assina atestado de cinismo diante do povo brasileiro”, diz Joseildo

O deputado Joseildo Ramos (PT), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa da Bahia, não poupou críticas a alguns itens da lista divulgada pela executiva nacional do PSDB com as propostas de reforma política. A defesa do fim da reeleição, adotando o mandato único de cinco anos, divulgada pelo senador Aécio Neves (PSDB), foi duramente criticada pelo parlamentar, segundo ele, não somente pelos méritos, mas pelo “oportunismo”.

“É um escárnio. O PSDB assina um atestado de cinismo diante do povo brasileiro. Eles não esquecem somente o que escrevem como aquilo que fazem. A reforma que eles querem é a do casuísmo”, atacou. A reeleição para cargos executivos foi aprovada em 1997, sob a presidência de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), em meio a escândalos de suposta venda de votos de parlamentares para a aprovação do projeto, que beneficiou o tucano, reeleito no ano seguinte.

Joseildo também disse ser contra o referendo, neste momento, e a favor do plebiscito sobre a reforma política. “A população também foi às ruas desacreditada com o nosso sistema político e com os nossos representantes. Como ela aceitará apenas referendar uma reforma feita por essas mesmas pessoas, todas com interesse em preservar seus mandatos? O povo deve ser protagonista e não coadjuvante nesse processo”, opinou.

Fonte: Assessoria de Imprensa do deputado Joseildo Ramos

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje