Fernando Torres é exonerado da Sedur para votar em Lúcio

O secretário estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e deputado federal licenciado, Fernando Torres (PSD), foi  exonerado da pasta para voltar a Brasília, a fim de votar no peemedebista Lúcio Vieira Lima, que disputa a primeira vice-presidência na Câmara na chapa de Rodrigo Maia (DEM). O ato foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (1º).

Conforme apurou o bahia.ba, os líderes do PMDB e o PSD selaram um acordo que envolve o comando da AL-BA. Ficou fechado que os deputados peemedebistas apoiariam à candidatura de Ângelo Coronel, em troca, Fernando Torres pediria exoneração do cargo para votar em Lúcio. A eleição da Câmara ocorre nesta quinta-feira (2).

Nesta terça-feira (31), a bancada de oposição, da qual o PMDB pertence, firmou apoio ao postulante do PSD. A decisão da minoria de apoiar Coronel foi um dos motivos que levaram Marcelo Nilo (PSL) à renunciar a disputa na AL-BA.

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje