Faculdade Santo Antônio contratou agência de publicidade e após vários meses ainda não pagou débito – Exclusiva

A Faculdade Santo Antônio, cujas dificuldades financeiras são bastante conhecidas, contratou a partir de dezembro 2011 a agência de publicidade Dinâmica Comunicação & Marketing para elaboração de três campanhas e até hoje não pagou o débito com a empresa, uma das mais antigas agências de Alagoinhas.

Os trabalhos foram os seguintes:  campanha sobre o vestibular solidário para ingresso no primeiro e segundo semestres de 2012 e uma campanha especial para o curso de Pedagogia, implantado no ano passado.

Com um custo total de aproximadamente R$23 mil, as campanhas veicularam peças publicitárias sobre a faculdade em emissoras de rádio, outdoor, cartazes e panfletagem nas ruas de Alagoinhas.

Após uma série de conversas, a área financeira da instituição programou parte do pagamento para dezembro de 2012.

Não cumpriu o prazo e adiou sucessivamente os créditos da Dinâmica até Junho deste ano, quando propôs o pagamento de menos de 10% dos valores devidos, como uma espécie de entrada, com três cheques de alunos para Julho, Agosto e Setembro.

A instituição continua devendo mais de 90% dos valores totais das três campanhas.

A direção da faculdade, após uma série de manobras, passou a não reconhecer o débito com a empresa de publicidade, apesar das demandas para a agência terem sido apresentadas  por e-mails do então responsável pelo departamento de marketing , por José Carlos Estrela de Andrade, ex-gerente financeiro, e pela professora Aurilea Pinheiro, diretora da Faculdade Santo Antônio.

O proprietário da instituição de ensino não reconhece o débito e o publicitário Marcelo Oliveira, dono da Dinâmica, está tentando viabilizar o recebimento dos créditos a que tem direito pela prestação do serviço nas três campanhas.

Mas não consegue falar com o professor Antonio Sales, reitor da faculdade e acionista principal da instituição.

Em função do não pagamento, alguns fornecedores que veicularam as campanhas também não receberam os valores devidos.

A faculdade estaria enfrentando problemas com uma série de prestadores de serviço e os casos, segundo uma fonte, situam-se acima de algumas dezenas, que certamente tomarão o rumo da justiça.

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje