Ex-assessor de Carlos Bolsonaro é nomeado para Funarte

O secretário de Cultura do governo Jair Bolsonaro, Mário Frias, confirmou Luciano Querido na presidência da Funarte. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (13). A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Querido entrou na Funarte como diretor em março, dois meses depois virou presidente interino do órgão. Ele foi assessor de Carlos Bolsonaro na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro por treze anos. Quando trabalhava com o filho do presidente Jair Bolsonaro, cuidava da área de mídias sociais do gabinete.

Ele participou da pré-campanha de Jair Bolsonaro à presidência. Depois, foi afastado pelo próprio Bolsonaro, mas este ano voltou a ser estimado pela família e ganhou abrigo na Funarte.

 

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje