Escolas podem aderir aos projetos de Saúde e Educação Ambiental

As escolas estaduais já podem fazer a adesão aos projetos estruturantes ‘Juventude em Ação’ (JA) e Portal‘Saúde nas Escolas: Promovendo a Educação para a Saúde e a Qualidade de Vida’, desenvolvidos pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Para participar, os gestores devem preencher os formulários disponíveis no  da Educação. O processo de inscrição virtual é simples e poderá ser feito até o dia 28 de abril.
Ao aderir aos projetos, a comunidade escolar está apta a realizar as atividades propostas, todas voltadas à Educação Ambiental e à promoção da saúde e prevenção de doenças e situações de agravo, visando uma integração entre escola e a comunidade local. “Através dos projetos, são realizadas ações de mobilização, articulação e organização da comunidade escolar, promovendo, em particular, o protagonismo estudantil, conforme orientação do Programa Educar para Transformar, em consonância com as políticas públicas de Educação e Saúde”, ressalta o coordenador da Educação Ambiental da Secretaria da Educação, Fábio Barbosa.
Em 2016, primeiro ano do projeto Saúde na Escola, 462 unidades escolares localizadas em 214 municípios presentes nos 27 territórios de Identidade aderiram à proposta, atendendo um total de 288.492 estudantes. A proposta do Saúde na Escola é promover a aproximação da unidade escolar com a unidade básica de Saúde do município envolvido e a comunidade local. Na primeira etapa, os estudantes fazem um diagnóstico junto aos moradores para verificar quais as doenças que acometem a população e, a partir daí, partem para o plano de ação, visando conscientizá-la para a prevenção e o combate daquelas patologias.
Entre as ações interdisciplinares, destaque para o combate ao mosquito Aedes aegypti. Palestras, caminhadas de conscientização, visita às casas dos moradores locais, e distribuição de materiais educativos e informativos, entre outras atividades, foram desenvolvidas ao longo do ano letivo. Outra ação do Saúde na Escola foi a terceira edição do Concurso de Vídeos Educativos Saúde na Escola, realizado para promover a reflexão sobre a temática entre os estudantes e professores. Ao final do concurso, realizado em abril do ano passado, foram selecionados seis vídeos, sobre os temas: prevenção às DST/AIDS; prevenção e controle da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus; prevenção ao uso de álcool, tabaco e outras drogas; promoção à cultura da paz; promoção à alimentação saudável; e promoção à saúde ambiental e ao desenvolvimento sustentável.
Protagonismo estudantil
O Juventude em Ação, por sua vez, visa promover a formação de Comissões de Meio Ambiente e Qualidade de Vida (COM-VIDA) para a elaboração da Agenda 21 nas comunidades escolares da rede estadual, com base em valores voltados à sustentabilidade ambiental. Em 2016, 772 escolas da rede aderiram ao projeto, envolvendo 487.721 mil estudantes de 327 municípios baianos.
Dentro do Juventude de Ação, uma série de projetos foram desenvolvidos pelas escolas da rede estadual. No Centro Educacional Monteiro Lobato, no município de Firmino Alves, no Sul Baiano, por exemplo, os estudantes desenvolveram o projeto Ambiente escolar: somente suas mãos para preservar, através do qual promoveram ações de conscientização de práticas saudáveis e sustentáveis, dentro e fora da escola, para a conservação do meio ambiente.
Economia dos recursos naturais através do armazenamento da água da chuva; implementação de alimentos orgânicos na alimentação escolar; valorização dos espaços ociosos com práticas de jardinagem; redução da quantidade de lixo com o reaproveitamento de embalagens e resíduos orgânicos na produção de adubos foram alguns resultados alcançados. “Na minha casa, mudamos de atitudes depois que conheci as práticas da implementação da horta escolar. Hoje, junto com meu pai, aproveito todos os espaços do nosso quintal para o plantio de hortaliças”, conta o estudante Emerson Silva, 2º ano, do Centro Educacional Monteiro Lobato.
Fonte: Ascom SEC

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje