Escolas mobilizam estudantes para os projetos de arte e cultura

escola-2

As escolas da rede estadual da capital e interior já estão mobilizando os estudantes para participarem dos oito projetos estruturantes de arte e cultura desenvolvidos pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Este ano, houve a adesão de 1.165 unidades escolares, que irão inscrever as criações artísticas a serem produzidas pelos estudantes. Os alunos passam pela seletiva nas escolas, depois na etapa regional até a culminância que acontece no segundo semestre, em Salvador. Neste primeiro momento, os estudantes estão sendo inspirados a desenvolverem suas criações através de ensaios e oficinas promovidas nas escolas.

No Colégio Estadual Luis Eduardo Magalhães, localizado no município de Pojuca, a 76,5 km de Salvador, os estudantes Luiz Falcão, 17 anos, do 1° ano e Jacson Santos, 18 anos, do 3° ano, acabaram de formar a banda “Redzone” e já começaram a ensaiar nos intervalos das aulas para o Festival Anual da Canção Estudantil (Face), um dos projetos de arte e cultura promovidos pela Secretaria. O Face teve a adesão de 1.044 escolas inscritas.
“Fizemos este ensaio para mostrar nosso talento e mobilizar outros estudantes a participarem do Face e dos outro projetos”, destaca  Luiz Falcão, que é back vocal da banda de pop rock. O vocalista Jacson Santos afirma que a banda compôs várias músicas. “Estamos muito empolgados com o Face e já escolhemos a música que iremos inscrever no projeto”, revela o estudante.
Segundo a diretora do colégio, Núbia Trinchão, os projetos são importantes porque estimulam a criatividade dos estudantes e o interesse pelas artes. “Através de práticas pedagógicas diferenciadas os estudantes têm a oportunidade de saírem do convencional ao trabalharem com projetos voltados para uma abordagem lúdica e dinâmica”, explica a gestora, que está pensando em mobilizar os estudantes a elaborarem suas coreografias para o projeto Dança Estudantil (Dance) e, também, para os demais projetos inscritos pela unidade.
No Colégio Estadual Antônio Geraldo, localizado em Barreiras, a 862 km da capital baiana, estão sendo promovidas oficinas para estimular os estudantes a aprimorarem suas habilidades artísticas para a participação nos projetos estruturantes.
Inscrições – Os estudantes devem realizar as inscrições das criações até o dia 17 de junho nas escolas onde estudam. Após está data, inicia-se a seletiva dos projetos na etapa escolar, de 07/07 a 05/08. Os estudantes irão apresentar suas criações por meio de festivais, saraus, mostras e exposições.
A rede estadual conta com os seguintes projetos artísticos e culturais: Festival Anual da Canção Estudantil (Face), Tempos de Arte Literária (TAL), Artes Visuais Estudantis (AVE), Produção de Vídeos Estudantis (Prove), Canto Coral Estudantil (Encante), Dança Estudantil (Dance), Educação Patrimonial e Artística (EPA). Além do Festival Estudantil de Teatro (Feste), outra novidade para 2016 é a implantação dos cineclubes nas escolas, projeto em parceria da Secretaria da Educação do Estado da Bahia com o Ministério da Cultura.
Fonte: Ascom SEC Bahia

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje