Em Nova York, Eike tinha dois seguranças à disposição

O empresário Eike Batista, preso na semana passada pela Polícia Federal em mais uma fase da Operação Lava Jato, tinha dois seguranças em Nova York, nos Estados Unidos, segundo informou a coluna de Laurdo Jardim, do jornal O Globo.

Ainda segundo a coluna que ouviu a polícia americana, os funcionários estavam à distância no aeroporto JFK, quando retornava para o Brasil.

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje