Dilma vencerá no 1º turno, diz Paulo Bernardo

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, diz que a presidente Dilma Rousseff vai se reeleger no primeiro turno. Em entrevista ao SBT, ele afirma que a queda da avaliação do governo é explicada pelo “mau humor” dos brasileiros. “Não foi só o governo federal que teve esse problema. As pessoas estão mais críticas e mais exigentes e os governos precisam dar respostas melhores para a população.”

Para Bernardo, que participa das reuniões da campanha de reeleição de Dilma, a oposição faz uma cobrança ética “forte e hipócrita”. “Eles acham que tem que fazer CPI para apurar denúncias da Petrobras, agora, por exemplo, nesse escândalo da Alstom, aqui em São Paulo, não falam nada. Acham que está tudo certo”. Ele nega, no entanto, a existência de um “campeonato moral” entre PT e PSDB. “Essa coisa de um querendo esculhambar o outro não vai resolver o problema. Nós temos que ter medidas de combate à corrupção e aqueles que forem apanhados fazendo coisa errada têm que ser julgados.”

Ex-ministro do Planejamento no governo Lula, ele rebate críticas à política econômica de Dilma. Em junho, a inflação acumulou alta de 6,52% em 12 meses e estourou o teto da meta, que é 6,5%. Segundo Bernardo, os preços costumam crescer no primeiro semestre, mas os trabalhadores conseguiram ajustes salariais acima da inflação. Ele avalia que a taxa pode fechar o ano em 5,8%, como prevê a consultoria de Chico Lopes, ex-presidente do Banco Central. “De fato, poderia ser menos que isso. Agora, de forma alguma a inflação está fora do controle.”

Fonte: iG

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje