Contracheque alto a vida toda; veja a lista dos maiores salários em carreiras federais

Receber mais de R$ 20 mil por mês até que a morte os separe da vida é o sonho de muita gente. Um dos caminhos possíveis para ser contemplado com essa remuneração é prestar um concurso público. No âmbito federal, o soldo inicial dos cargos com maiores salários varia de R$ 16 mil a R$ 21 mil, segundo o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Ainda de acordo com o ministério, médicos de instituições federais de ensino lideram o ranking e podem ter remuneração de até R$ 29 mil quando alcançar o topo da carreira. Em segundo lugar no ranking das melhores remunerações do serviço público federal aparecem a de delegado de polícia, perito criminal federal e médico-legista civil. Nessas funções, os salários variam de R$ 21 a R$ 28 mil.

O cargo de defensor público federal também se destaca. O subsídio é de R$ 22.197,6 e a boa notícia é que na última terça-feira, o edital para esse concurso foi lançado. As inscrições custam R$ 200 e seguem de 30 de junho a 25 de julho no site www.cespe.unb.br. No total são 25 vagas e cadastro reserva.
Sem previsão

Para as outras carreiras do Executivo federal, os certames estão restritos devido às medidas de ajuste final, segundo explicou o Ministério do Planejamento. Porém, esse tempo ocioso pode ser a oportunidade para o concurseiro ganhar tempo e se preparar para os certames, já que a concorrência é grande.

Para Alan Vinícius, professor de Direito Constitucional do Acerte Concursos,  quem tem interesse em investir em mais de uma área, o interessante “é que se verifique o ponto presente em todas, como disciplinas básicas”.
Edmundo Garcia, especialista em Direito Administrativo e professor de cursos preparatórios para concurso, diz que estudar por editais anteriores é uma das melhores saídas. “É uma grande dica. Algumas coisas mudam, mas geralmente não são grandes alterações”, garante

Maiores salários

R$ 16.411,94 a R$ 29.133,55 – Médico de Ifes/Médico veterinário de Ifes
R$ 21.644,37 a R$ 28.262,24 – Delegado de Polícia Federal/Perito criminal/Delegado de Polícia Civil
R$ 19.211,01 a R$ 27.943,07 – Auditor fiscal do trabalho/Auditor fiscal da Receita
R$ 19.197,67 a R$ 24.943,14 – Advogado da União/Defensor público federal/Procurador federal
Saia na frente  e antecipe seus estudos

Edital e provas  anteriores: Saber os conteúdos é o primeiro passo para o estudo. Se o edital ainda não saiu, o anterior é o melhor caminho para conhecer os conteúdos.  Refazer provas antigas ajuda na absorção dos assuntos e a saber como os  conteúdos serão cobrados.

Disciplinas básicas: Assuntos de Português, Raciocínio Lógico, Direito Administrativo e Constitucional costumam ser cobrados na maioria dos concursos federais.

Simulado: O tempo pode ser um vilão na hora da prova. Quando estiver com todas as disciplinas revisadas, é válido refazer provas antigas e cronometrar com o tempo disponível para o concurso.

Banca: Cada empresa organizadora de concurso tem seu jeito de perguntar. Conhecer esse jeito ajuda na aprovação.

 

Fonte: Correio 24h

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje