Compra de teste rápido do zika vírus espera certificação

ministro-ricardo-barros-teste-zika_1643572

O Ministério da Saúde (MS) aguarda a finalização da última etapa da certificação de qualidade do teste rápido para detecção do zika vírus, desenvolvido pela Fundação Bahiafarma, para dar início às negociações para compra dos dispositivos.

A intenção, de acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, é que o teste para detecção da doença chegue o mais rápido possível em todos as unidades que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no país.

“Queremos consolidar o quanto antes a utilização desse aparelho em nossa rede, sobretudo em mulheres em idade fértil ou grávidas”, disse o ministro, que esteve nesta segunda-feira, 13, em Salvador para uma demonstração do funcionamento do teste, realizada no laboratório do Senai.

Ainda segundo o ministro, a etapa de certificação do exame ainda não tem previsão para conclusão. No entanto, ele considera a criação do dispositivo – desenvolvido em parceria com uma empresa sul-coreana – um dos mais inovadores experimentos para detecção do zika desenvolvido no país.

“Dentre todas as pesquisas realizadas sobre o zika vírus, essa é a mais importante. Por meio do teste, é possível obter um resultado rápido, em até 20 minutos. Possuímos vários outros testes para detectar doenças variadas, mas nenhum se faz tão necessário nesse momento quanto este. Isso demonstra a qualidade do corpo científico baiano”, disse.

Fonte: ATarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje