Candidata justifica conteúdo de gravação

SONIA FONTES 2

A respeito da matéria “Gravação prova que Sônia Fontes ofereceu cargos de confiança na Prefeitura de Alagoinhas e estrutura para candidatos à Câmara de Vereadores em troca de apoio do PHS” veiculada no site Alagoinhas Hoje e repercutida por alguns veículos de comunicação, a pré-candidata à Prefeitura de Alagoinhas, Sônia Fontes, vem a público esclarecer:

1) A reunião não era pública, sendo restrita apenas aos membros do PHS.Além disso, constava na agenda da pré-candidata e não tendo sido realizada, sob hipótese alguma, de forma furtiva. O objetivo da mesma era tratar de diversos outros temas que envolvem as eleições, além do citado na matéria.

2) É totalmente lícito que em reuniões de pré-candidatura para formação de chapas e configuração de apoios para as eleições, se realize o compromisso de ocupação de cargos políticos de confiança na composição de um futuro
governo, caso eleita, com quadros oriundos dos partidos nas coligações.

3) A chamada sensacionalista da matéria objetiva apenas a sua propagação através das redes sociais, já que o próprio teor da gravação (quando ouvida por completo) revela que não há atos ilícitos sendo praticados. Ou seja, o
próprio fato contradiz os argumentos do jornalista, comprovando a sua má-fé.

4) O site Alagoinhas Hoje vem, claramente, promovendo uma campanha de difamação da atual gestão e agora estendendo esta ação contra a pré-candidata, tendo inclusive se retratado algumas vezes pela veiculação
de matérias fantasiosas ou com o tom sensacionalista.

5) O apoio do PHS conquistado pela Coligação “Alagoinhas, Cidade Ideal” pegou de surpresa outros grupos políticos que já contavam como certo o apoio do partido, e certamente gerou uma predisposição para que se levantasse essa polêmica.

6) Por último, a pré-candidata Sônia Fontes afirma que tem convicção e absoluta tranquilidade quanto aos fatos e reitera seu compromisso com a verdade, a transparência e zelo no tratamento das questões públicas, afinal são mais de 30 anos de carreira política com a ficha 100% limpa, jamais tendo seu nome envolvido em nenhum tipo de ato contra o livre funcionamento das instituições democráticas ou que ofendam os princípios morais e éticos
que devem governar a vida pública.

ASSESSORIA DE IMPRENSA 

Comentários do editor do AH

-O redator do texto confunde, deliberadamente, jornalismo com sensacionalismo.

-Onde está a má fé: na gravação em que a candidata oferece uma série de vantagens aos candidatos do PHS ou na publicação de seu conteúdo?

– Tratar o conteúdo da gravação como algo normal e corriqueiro é mais uma prova do desmazelo com as regras eleitorais.

– Em outra parte do texto, o redator mistura o jornalismo praticado pelo Alagoinhas Hoje com difamação. O texto não passa de perfumaria, com fluidez gasosa, e nem cheira bem. Está distante da realidade.

-O redator do texto, por desídia ou desconhecimento das regras elementares do direito de resposta, não sabe que não é sua atribuição “titular” aquilo que chama de Direito de Resposta. Esta é uma atribuição do editor do veículo de comunicação.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje