Cai número de acidentes, mas mortes aumentam no feriado

A “Operação Independência do Brasil 2018”, que começou na última quinta-feira, 6, e terminou no domingo, 9, registrou uma queda de 15% nos acidentes ocorridos nas estradas federais que cortam a Bahia durante o feriado, com relação ao mesmo período em 2017. Entretanto, aumentou o número de mortes, duas a mais que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram contabilizados sete óbitos. O balanço foi divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta segunda, 10.

Durante a operação, foram registrados 39 acidentes, sendo 15 graves: uma colisão frontal, duas por capotamento, três por atropelamento de pedestre, uma por saída de pista, uma por colisão transversal e uma última por colisão lateral. Segundo a PRF-BA, as causas foram por fatores diversos como imprudência, inabilidade, falta de cuidado e o desrespeito às Leis de Trânsito.

Ao todo, cerca de 7.503 pessoas e 6.996 veículos foram fiscalizados. Também foram flagrados 2.192 veículos em velocidades superiores à máxima permitida e outras 635 manobras de ultrapassagens proibidas, número equivalente a uma multa a cada sete minutos.

Crimes diversos

Os policias rodoviários ainda prenderam 21 pessoas por crimes diversos em todo o estado, além de apreender 35,6 kg de maconha e recuperar 4 veículos roubados.

Quanto as infrações, foram distribuídas 635 multas por ultrapassagens proibidas, 193 por não usar cinto de segurança, 36 por transportar criança em veículo automotor sem olhar normas de segurança e 25 por conduzir motocicleta sem usar capacete.

Mesmo com a intensificação do cumprimento da Lei Seca, dos 2.467 condutores foram submetidos a testes com etilômetro, e 92 foram notificados por dirigirem alcoolizados, infração gravíssima, que tem multa de R$ 2.934,70.

Fonte: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje