Busca e apreensão de documentos em Alagoinhas estariam vinculadas à Prefeitura de Sátiro Dias

A Operação 13 de Maio, realizada a partir de ontem na Bahia, Sergipe e Brasília pela Polícia Federal prendeu gestores, ex-gestores e servidores públicos municipais em 20 cidades de diversas regiões do estado.

As informações fornecidas pela Polícia Federal são genéricas e não tratam especificamente, por enquanto, de nenhum município.

Entretanto, fontes do Alagoinhas Hoje disseram que a busca e apreensão de documentos em Alagoinhas, realizadas ontem, estariam vinculadas à suposta prestação de serviço à Prefeitura de Sátiro Dias entre 2009 e 20012.

O atual prefeito, Pedro Raimundo Santana da Cruz, mais conhecido como Pedrito Cruz, não tem nada a ver com a operação que apreendeu documentos na sede da prefeitura.

O empresário Altino Junior teria prestado serviço à gestão do mandatário anterior, médico largamente conhecido em Alagoinhas.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje