Apple deve anunciar iPhone 6 e relógio nesta terça

Nesta terça-feira (9), às 14h (horário de Brasília), a Apple deve anunciar uma nova versão de seu iPhone. Este ano, além de novos smartphones, espera-se que a empresa apresente também um relógio inteligente. Abaixo, você confere as prováveis novidades desses produtos. É praticamente certo que o novo iPhone 6 tenha tela maior do que o atual iPhone 5s. Rumores indicam que o iPhone 6 deve ter versões com telas de 4,7 e 5,5 polegadas, ambas maiores do que as 4 polegadas do iPhone 5s.

A tela do iPhone 6 também pode apresentar uma novidade no quesito proteção. O iPhone 6 pode ser o primeiro iPhone a contar com proteção de safira, em vez do vidro ultrarresistente Gorilla Glass usado atualmente.

A safira é um material mais resistente a riscos e choque do que o vidro, e seria usada como resposta a uma antiga reclamação de usuários de smartphones: as telas que se quebram com facilidade.

A Apple tem uma fábrica de safira nos Estados Unidos e já usa o material em alguns componentes do iPhone. A safira encontrada na natureza em forma de rocha é misturada a outros minerais, o que dá a conhecida tonalidade azulada do material. Já a safira produzida em laboratório não tem impurezas e é transparente como o vidro.

A presença de safira também permite em tese que o smartphone seja mais fino. Mas alguns rumores dão conta de que haveria dificuldade na produção das telas. Por isso, a presença de safira na tela do iPhone ainda não é certa.

Vale notar que já existem alguns poucos smartphones no mercado com tela de safira. A Kyocera, a Vertu (fabricante de smartphones de luxo) e mais recentemente a Huawei vendem aparelhos com telas protegidas por safira.

NFC

Outra novidade do iPhone 6 deve ser a inclusão de um chip com tecnologia NFC. Já presente há alguns anos em smartphones Android e Windows Phone, a tecnologia é usada para facilitar a troca de dados entre dispositivos móveis.

O principal uso da NFC atualmente é em sistemas de pagamento móvel. Nesses sistemas, basta aproximar o celular do terminal de pagamento e, em alguns casos, digitar uma senha, para fazer o pagamento de compras. Nos EUA, sistemas como Square e Google Wallet já usam NFC para realizar pagamentos em lojas e restaurantes.

O NFC é usado também para facilitar a conexão de smartphones a acessórios como caixas de som sem fio e câmeras.

Fonte: iG

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje