Anefac registra aumento de juros para operações de crédito

As taxas de juros das operações de crédito voltaram a crescer em novembro, conforme informou hoje (10) a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). Para pessoa física, a média geral da taxa de juros subiu 0,06 ponto percentual, passsando de 6,08% ao mês, em outubro, para 6,14%, em novembro, a maior desde junho de 2012. Já para pessoa jurídica, a média registrou alta de 0,05 ponto percentual ao mês, subindo de 3,44%, em outubro, para 3,49%, em novembro, também a maior desde junho de 2012.

Das seis linhas de crédito pesquisadas para pessoa física [juros do comércio, cartão de crédito, cheque especial, CDC, empréstimo banco pessoal e empréstimo pessoal financeira] e das três para pessoa jurídica [capital de giro, desconto de duplicatas e conta garantida-cheque especial], todas apresentaram movimento de alta.

De acordo com Miguel Ribeiro de Oliveira, coordenador da pesquisa e diretor executivo da Anefac, o aumento dos índices pode ser atribuído a alta da taxa básica de juros (Selic) em outubro. Segundo ele, também contribuiu para elevação o atual cenário econômico, que aumenta o risco do crescimento dos índices de inadimplência.

“Esse cenário se baseia nos índices de inflação mais elevados e juros maiores, que reduzem a renda das famílias. Além disso, o baixo crescimento econômico, que contribui para o aumento dos índices de desemprego, e as expectativas negativas para 2015 levam as instituições financeiras a aumentarem suas taxas de juros, para compensar prováveis perdas com a elevação da inadimplência”, salientou Oliveira.

Técnicos da Anefac esperam que as taxas de juros das operações de crédito voltem a subir nos próximos meses. 

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje