Alagoinhas tem curso de Medicina pré-selecionado pelo MEC

O Diário Oficial da União publicou nesta terça-feira (3) a relação dos 42 municípios brasileiros pré-selecionados para implantação de cursos de Medicina em instituições privadas espalhadas pelo país. Alagoinhas foi uma das seis cidades baianas contempladas, através da Faculdade Regional da Bahia (UNIRB). O resultado final será divulgado no dia 18 de dezembro. A notícia foi confirmada pelo deputado Joseildo Ramos (PT), que participou do processo de articulação entre a entidade e a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). A abertura de cursos privados de medicina em cidades do interior do Brasil tem objetivo de suprir o déficit na formação de profissionais e faz parte do conjunto de iniciativas do programa “Mais Médicos”, lançado pela presidente Dilma Roussef. A proposta é que sejam criadas 11.447 vagas de graduação na área e em residência médica em todo o país. 

MEDICINA ALAGOINHAS

O deputado Joseildo lembra que hoje o número de médico por 100 mil habitantes no Brasil é de 1,9 – enquanto no México é pouco mais de 3, Cuba, 6,36 e 3,6 na Argentina. O objetivo é aumentar o número de médicos no Brasil. “A meta não é só acrescentar, mas interiorizar os cursos de Medicina, para fixar médicos no interior e todo o nosso território será beneficiado com esta medida”, afirmou. Com um sistema de saúde montado ainda no governo de Joseildo, Alagoinhas possui todos os requisitos para implantação do curso, desde a estrutura de atenção básica até o atendimento de média e alta complexidade. De acordo com Washington Abreu, que já foi secretário de Saúde de Alagoinhas e hoje é coordenador do Programa “Mais Médicos” na Bahia, o Monte Tabor, organização que administra o Hospital Regional Dantas Bião já está trabalhando com a possibilidade de implantar o setor de residência médica na unidade. 

Segundo o diretor da Unirb, Carlos Joel, que esteve com Joseildo e o secretário Jorge Solla, a faculdade irá montar um projeto pedagógico e promover os investimentos necessários para a área de educação. “Serão investimentos na ordem de R$ 6 milhões na parte de laboratórios, biblioteca e implantação de uma unidade de saúde vinculada à escola e que atenderá exclusivamente ao SUS”, disse. 

De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial, os municípios pré-selecionados irão receber visita da comissão de especialista para verificação da estrutura de equipamentos públicos e programas de saúde existentes nas cidades, isso na segunda etapa do processo. Na terceira etapa, será realizada análise de projeto de melhoria destes equipamentos. Além de Alagoinhas, os municípios de Eunápolis, Guanambi, Itabuna, Jacobina e Juazeiro foram selecionados na Bahia.

Fonte: Assessoria de Comunicação do deputado Joseildo Ramos – Foto: Kamila Matos

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje