Alagoinhas poderá receber primeira fábrica de vinagre da Bahia

Firmada como um dos grandes polos produtores de bebidas no Brasil, Alagoinhas pode, em breve, ter a primeira fábrica de vinagre da Bahia. O prefeito Paulo Cezar, acompanhado da secretária Sônia Fontes recebeu na manhã desta sexta-feira, 10, o diretor Comercial e de Projetos do Grupo Toscano, Cesar Borin. Acompanhando o desenvolvimento que a cidade passa e com o objetivo de expandir a marca no mercado nordestino, o grupo pretende montar uma unidade fabril no município.

A escolha da cidade não é à toa. Para produção do vinagre é necessário água de boa qualidade e o álcool extraído da cevada. “Digo que a cadeia desenvolvimentista é um processo crescente. Estamos consolidados como polo de bebidas e que cresce cada vez mais. Hoje (ontem) estamos recebendo aqui, na nossa cidade, um dos maiores grupos produtores de vinagre do mundo. Além da matéria prima (água e álcool) oferecemos um pacote de redução de impostos junto com o Governo do Estado, que é sem dúvida um grande incentivo”, disse o prefeito Paulo Cezar.

Os investimentos para uma empresa desse porte giram em torno de R$20 milhões com a geração de 150 empregos entre diretos e indiretos. A ideia é que no primeiro momento sejam fabricados apenas vinagre, podendo ampliar a linha de produção com conservas, condimentos, molhos para salada, azeite, azeitonas, palmito e cogumelos em um segundo momento.

Segundo Cesar Borin, a empresa quer ampliar o mercado, principalmente na região Nordeste. Ele afirmou que já vinha acompanhando a chegada das indústrias de bebidas em Alagoinhas e reiterou a necessidade da qualidade da água. “Trabalhamos com a fabricação de produtos que necessitam de água de qualidade. O álcool extraído da cevada é outra matéria prima fundamental para um bom vinagre. Alagoinhas tem esses dois produtos em abundância. O primeiro é a água e o segundo a cevada que as cervejarias utilizam”.

Além disso, o diretor comercial ficou impressionado com a infraestrutura da cidade e a localização estratégica em relação à capital, Salvador, e outros estados para a distribuição da produção. O prefeito nos próximos dias deverá acompanhar o empresário em uma audiência na Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (SUDIC) para que seja assinado um protocolo com a intenção de instalação.

Grupo Toscano

Há 40 anos no mercado, o grupo especializou-se na produção de vinagre de qualidade.  Sua linha hoje engloba desde os tradicionais vinagres de álcool e álcool colorido até a linha premium: vinho tinto, branco, fruta maçã, cereal arroz, limão e alho. Possui duas unidades, uma em São Paulo e a outra no Espírito Santo.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje