Aeroporto de Salvador terá intervenções para melhorias antes do Carnaval

Com uma série de problemas de infraestrutura, como o mau funcionamento de escadas rolantes, elevadores e ar condicionado, o Aeroporto Internacional de Salvador vai passar por intervenções emergenciais para melhorar o atendimento e os serviços prestados aos passageiros, segundo anunciou nesta terça-feira, 31, o prefeito ACM Neto, por meio da Secretaria de Comunicação.

As intervenções integram um plano de contingência para o Carnaval deste ano e devem ser concluídas até o próximo dia 15 de fevereiro, ou seja, antes do início da folia, período no qual Salvador espera receber mais de 700 mil visitantes, boa parte deles pelo aeroporto.

O plano de contingência – que era uma solicitação de ACM Neto – foi apresentado nesta terça ao prefeito durante audiência, em Brasília, com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Lessa, e com o presidente da Infraero, Antônio Claret de Oliveira.

Recentemente, A TARDE publicou editorial cobrando melhorias no terminal aeroportuário, diante dos problemas mostrados em reportagens produzidas pelo periódico [leia mais ao lado]. As obras de requalificação do aeroporto de Salvador, que deveriam ficar prontas para a Copa de 2014, se arrastam desde 2012.

Melhorias

As ações do plano vão envolver limpeza e adequação dos sanitários, climatização do terminal, com recuperação das torres, e ampliação da capacidade do sistema re refrigeração. Além disso, também está prevista a recuperação dos elevadores e escadas rolantes, com contratação da fabricante para manutenção, e melhoria no fluxo de veículos no desembarque, com a retirada de obras no local.

O plano prevê, ainda, a contratação de 170 profissionais de limpeza, deslocamento de especialistas em sistemas aeroportuários de outros estados, suspensão de férias e licenças dos empregados da Infraero da área de manutenção nesse período e contratação de outros 97 trabalhadores do referido setor.

Haverá, ainda, a instalação de um grupo de monitoramento e suporte remoto, em Brasília, para acompanhar a implantação do plano e a situação do aeroporto de Salvador.

“O ministro nos garantiu liberação de recursos financeiros extraordinários para atendimento às demandas. Isso é fundamental para que Salvador tenha um aeroporto em melhores condições de receber bem nossos turistas. Afinal, esse é um momento importante para a cidade, de grande movimentação econômica, e uma das portas de entrada da nossa capital é o aeroporto”, afirmou o prefeito.

Entre as medidas emergenciais que serão tomadas pela Infraero estão melhorias no sistema de ar-condicionado, contratação de novos terceirizados para atendimento ao público, reparos nos banheiros, nas esteiras e escadas rolantes.

Insatisfação dos usuários

Os problemas de infraestrutura do aeroporto já vinham sendo alertados por A TARDE. Na quinta passada, o periódico publicou um editorial cobrando melhorias no terminal, lembrando que o aeroporto da capital baiana é o pior do país, segundo pesquisa de satisfação divulgada pelo Ministério dos Transportes.

Ainda conforme a publicação, o aeroporto faz da chegada a Salvador um convite à saída. “A privatização do aeroporto é continuamente adiada, e os turistas vão descobrindo, em massa, que há melhor coisa a fazer na vida do que sofrer em Salvador. Quanto a nós, continuamos brincando de turismo”.

Em matéria publicada em setembro passado, A TARDE mostrou problemas de infraestrutura no terminal, que vão desde os transtornos causados por obras de requalificação do espaço até o mau funcionamento de escadas rolantes, elevadores e ar condicionado. Empresários que atuam no local, inclusive, atribuem a queda nas vendas em lojas no terminal aos problemas de infraestrutura.

Privatização

O aeroporto de Salvador é um dos 34 espaços que estão incluídos no programa de concessão Crescer, anunciado pelo presidente Michel Temer no ano passado.

Fonte: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje