Secretário Pinheiro atrai parcerias entre Bahia e Karlsruhe na Alemanha

O secretário da Educação da Bahia, Walter Pinheiro, negociou uma série de compromissos na área da Educação, na última quinta-feira (7),  que envolvem a Camara de Comércio e indústria de Karlshuhe (Die Industrie- und Handelskammer Karlsruhe – IHK), o Estado da Bahia e Karlshuhe, na Alemanha. A reunião ocorre na Câmara de Comércio e Indústria, onde Pinheiro foi recepcionado pelo secretário de finanças de Karlsruhe, Ragnar Watteroth, e pelo Dr. Udo Götschel, gestor de Comércio exterior e infra-estrutura da IHK.

“Discutimos as possibilidades de convênios e utilização de sistemas para promover melhorias nas escolas, nas áreas de segurança a partir de videomonitoramento, a oferta de Wifi nos ambientes escolares e na relação das escolas com comunidade.

Essa é uma região com desenvolvimento muito grande em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), e na área de Pesquisa e Desenvolvimento aplicados à indústria, num modelo muito similar ao Senai/Cimatec”, destacou o secretário.

Os convênios Bahia/Alemanha também vão envolver assuntos como modelo de escolas, diretrizes de Educação Profissional, formação continuada, intercâmbio educacional e cultural, além de troca de experiências. “Esses convênios vão, necessariamente, envolver o Sistema S, com base no que já iniciamos na Bahia, com foco no empreendedorismo, Start-up, novas práticas, cursos de curta duração e abertura de novas frentes vinculadas à demanda e perfil regional”, disse Pinheiro, ao completar que a idéia é centrar no modelo de escolas públicas com foco nas áreas das energias renováveis, porém adotando experiências em outras áreas.

Também na quinta-feira (07), após a reunião no IHK, Pinheiro visitou o Instituto de Tecnologia de Karlsruhe (KIT), universidade técnica estatal da Alemanha, localizada na cidade de Karlsruhe e mantida pelo estado de Baden-Württemberg. Na oportunidade, Pinheiro conheceu o Centro de Energia Fotovoltaica do KIT e conheceu projetos de eficiencia energética desenvolvidos por lá, a partir das renováveis.

“A Bahia vem desenvolvendo um atlas solarimétrico, inclusive com o envolvimento do Senai/Cimatec, o que vai possibilitar a identificação das áreas mais promissoras para o aproveitamento da fonte solar no estado. Também possuimos um grande potencial de aproveitamento desta fonte de energia e precisamos, para além da atração de empreendimentos industriais, estabelecer parcerias internacionais envolvendo a Educação básica, profissional e superior, com o incentivo à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) para desenvolver competência neste setor. A energia solar fotovoltaica tem se mostrado mais eficiente e barata do que outras fontes renováveis e pudemos conhecer aqui no KIT diversas inovações em equipamentos, sistemas e aplicações a partir do desenvolvimento de tecnologias e pesquisas”, destacou Pinheiro.

Agenda extensa e deslocamentos – Desde que saiu do município de Vitória da Conquista, em 31 de agosto, para integrar a missão governamental no exterior, Pinheiro passou pela China, cumpriu uma série de compromissos ao lado do governador Rui Costa, seguindo direto  para a Alemanha, onde também tem trabalhado numa extensa agenda, com deslocamentos envolvendo diversas trocas de trens e ônibus. Hoje, por exemplo, no deslocamento de Freiburg para os compromissos em Karlsruhe, que ficam a 185 km de distância, o secretário teve que ir dirigindo um carro alugado, porque o trem que estava agendado não saiu devido a um trecho que estava em obras. Na quarta-feira (06), o secretário Pinheiro visitou o Instituto Fraunhofer para Sistemas de Energia Solar (ISE), na cidade de Freiburg.

 

Fonte: Ascom SEC

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje