Polícia investiga suspeitos de ameaçar universitários em Salvador

O universitário Raí Ferreira de Araújo, de 20 anos, foi preso nesta segunda-feira, 12, suspeito de ameaçar estudantes em faculdades de Salvador por meio de um perfil nas redes sociais. Ele e outro comparsa, ainda não identificado, estão sendo investigados pela 9ª Delegacia Territorial (DT/Boca do Rio) e pelo Grupo Especializado de Repressão a Crimes por Meios Eletrônicos (GME).

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido nesta segunda na casa de Raí Ferreira, no bairro de Nazaré, e num imóvel na Pituba. Na residência do universitário, foram apreendidos um notebook, dois netbooks, dois smartphones, um HD externo, um pendrive e um desktop. No outro local, nenhum equipamento foi encontrado.

De acordo com informações da Polícia Civil, o caso foi registrado após publicações em um perfil que seria administrado por Raí e outro suspeito. Entre as mensagens, uma delas foi publicada no mês de julho e continha ameaças.

Após o crime, o  delegado Charles Leão, do GME, informou que eles tentaram apagar os rastro nas internet. “Por meio de autorização judicial foram verificadas conversas via aplicativo de troca de mensagens entre Raí e outro suspeito, em que eles combinam mascarar os IPs e a exclusão do perfil, o que indica a tentativa de dificultar uma possível investigação”.

Raí Ferreira, que foi indiciado por crime de ameaça, e o comparsa seguem sendo investigados. Os materiais apreendidos foram encaminhados para a perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

 

Fontw: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje