Novo corte no Orçamento atinge PAC, Saúde e Educação

O novo corte orçamentário, publicado nesta quinta-feira (30) em edição extra do Diário Oficial da União, detalha o contingenciamento de R$ 8,5 bilhões no Poder Executivo. Do total, a maioria será retirado do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que perderá 55% dos investimentos.

O corte do programa social será de R$ 1,322 bilhão (cerca de 55% dos investimentos) e sairá do Ministério das Cidades. Em seguida, vem o bloqueio na Saúde: o ministério vai perder R$ 1,180 bilhão. Também afetado, o Ministério da Educação vai contar com menos R$ 1 bilhão, aproximadamente.

O bloqueio dos valores, que ainda tem o montante de R$ 327,1 milhões em emendas parlamentares, foi recalculado com base na receita arrecadada e das reestimativas dos impactos do contexto econômico. A intenção é alcançar a nova meta fiscal: antes com superávit primário previsto para 1,1% do PIB (Produto Interno Bruto), agora a expectativa é de crescimento de somente 0,15%.
Fonte: Brasil Econômico

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje