Ministério assina autorização para adquirir primeiro medicamento da nova Bahiafarma

A autorização para a primeira aquisição, pelo Ministério da Saúde, do medicamento Cabergolina – resultado da Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP), envolvendo a transferência de tecnologia entre a Bahiafarma e a indústria privada Cristália -, foi assinada pelo ministro Arthur Chioro, na quarta-feira (17), em Brasília.

Para 2015, está prevista a distribuição de 2,05 milhões de comprimidos, o equivalente a R$ 17,4 milhões, beneficiando por ano cerca de 30 mil pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente o medicamento é importado.

O remédio é usado para tratar distúrbios hormonais, relacionados à substância prolactina, e a acromegalia, doença caracterizada pela produção exagerada de hormônio do crescimento, que provoca aumento do tamanho de extremidades (mãos, pés, orelhas, nariz) e de órgãos internos (coração e fígado). A enfermidade pode causar ainda pressão alta, cirrose, entre outras complicações.

Com o fornecimento do produto pela nova Bahiafarma, o Ministério da Saúde ampliará o acesso ao produto pelos usuários do SUS na Bahia e em outros estados brasileiros. Segundo a presidente da Bahiafarma, Julieta Palmeira, a iniciativa representará para o ministério economia de R$ 16,8 milhões, que anualmente são destinados ao tratamento da doença.

Inauguração

A nova Bahiafarma foi inaugurada pelo governador Jaques Wagner, no dia 26 de junho deste ano, no Centro Industrial de Aratu (CIA Sul), em Simões Filho, município da Região Metropolitana de Salvador. Desativada em 2002, a unidade foi recriada, no ano de 2011, por meio de decreto do governador. A retomada, após 12 anos, teve o objetivo de aumentar a oferta de remédios distribuídos pelo Sistema Único de Saúde. A implantação da fábrica representou investimentos de R$ 27 milhões, dos quais R$ 12 milhões do Governo do Estado. 

Fonte: Secretaria de Comunicação – Governo da Bahia

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje