Homem é preso por furto e receptação de veículos

joao-gualberto-capina-filho_1654097

João Gualberto Capinã Filho, 47 anos, o Pé de Bolo, foi preso pela 19ª vez na tarde de segunda-feira, 25. Todas as prisões são por furto de carro e receptação de veículo roubado. Mas, desta vez, ele jura “de pés juntos” que foi vítima de um golpe.

Pé de Bolo foi preso em flagrante por receptação de um VW Gol Special (roubado em 2015) no largo da Geral, em São  Caetano. A prisão foi feita por policiais da equipe Jaguar 6 da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV). Segundo a polícia, ele se preparava para furtar um carro quando foi capturado.

Na delegacia, João disse que comprou o veículo por R$ 5 mil, com o dono de uma loja de peças, na Av. Suburbana, sem saber que se tratava de  veículo irregular.

Investigações da unidade policial apontam que, de fato, houve a transação comercial. No entanto, a polícia acredita que ele tinha consciência da situação do carro.  “Ele tem 18 inquéritos policiais e responde a sete processos. Com essa prisão, são 19 inquéritos”, afirmou  Getúlio Barbosa, coordenador de investigação da DRFRV.

João confirmou ser a 19ª vez que foi preso, mas negou continuar no crime. “Ele é especialista em furtar carro velho, cujas peças são mais difíceis de achar e, por isso, mais caras. Tivemos informações de que ele furtou um carro por encomenda na semana passada”, disse  Barbosa.

“Trabalhei suado”

“Eu gostaria de falar que, nessa,  estou inocente. Eu fui lesado.  Trabalhei suado e juntei dinheiro para comprar o carro para usar com minha família. Estou me sentindo no lugar das pessoas que  eu furtei”, disse João, desolado.

Ele é conhecido por furtar carros com uma chave micha [usada para abrir e ligar veículos]. “Se o cara descuidar do carro, eu vou lá e pego”, revelou ele.

De acordo com Getúlio Barbosa, ele chega de carro, estaciona, comete o furto e deixa o carro dele lá. Depois, volta para buscar.  “Ele é usuário de crack e furta para pagar  a traficantes”, disse.

João é casado, tem cinco filhos e mora em Fazenda Grande do Retiro. Ele afirmou ter renda mensal de R$ 3,4 mil proveniente do aluguel de imóveis.

Fonte: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje