Falta dinheiro para realizar Enem, aponta Ministério da Educação

concurso-prova-aluno-bancada-alunos-vestibular_1637715

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode não acontecer este ano. O Ministério da Educação (MEC)  fez as contas e concluiu: falta dinheiro para realizar a prova, segundo informou a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo. Os cálculos iniciais indicam que seria necessária a liberação de cerca de R$ 75 milhões, além do já separado pela pasta para a realização do teste.

Para conseguir o aval do Ministério do Planejamento para os recursos, a pasta terá de “oferecer” em troca cortes em outros gastos — de preferência da mesma monta. A equipe do ministro Mendonça Filho debruça-se sobre as despesas administrativas.

A cúpula do MEC, ainda assim, está confiante de que as coisas se acertarão. Diz que há “garantia política” de que os recursos necessários para a prova serão assegurados e que o remanejamento deve resolver a situação do Enem.

O MEC também negocia o aumento no limite de gastos com restos a pagar do Fundo de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Há R$ 10 bilhões em compromissos, mas a autorização de desembolso de 2016 é de cerca de R$ 1 bilhão. Boa parte do montante refere-se a construções e obras em escolas e creches. A ideia é analisar e separar o que é prioritário do que pode ser adiado.

Fonte: bahia.ba

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje