Estudantes são selecionados para feira internacional de ciências

ciencia-jovem-escola-maria-jose-de-lima-silveirasobradinho
Estudantes da Escola Estadual Maria José de Lima Silveira, no município baiano de Sobradinho (466 km de Salvador), foram selecionados para participar da 22ª Feira Internacional de Ciências Jovem, que acontecerá em novembro, em Recife-PE. Eles são os protagonistas do projeto ‘Manifestações religiosas para o fortalecimento do elo entre as comunidades’, um dos vencedores da edição de 2015 da Feira de Ciências e Matemática da Bahia (FECIBA), promovida pela Secretaria da Educação do Estado. O trabalho visa fortalecer a conexão entre as comunidades locais com a sua história, contribuindo para a valorização da cultura regional e para que os estudantes desenvolvam o sentimento de pertencimento sobre suas origens.
A estudante Letícia Matias, do 1º ano do curso técnico de Meio Ambiente da Escola Estadual Maria José de Lima Silveira, conta que a sua dedicação ao projeto se deu graças à sua ligação com temas de história e cultura. “Estou muito feliz, orgulhosa e animada por estar inscrita para apresentar o nosso trabalho em uma feira internacional de Ciências. Já estou, inclusive, fazendo outras pesquisas sobre o tema e montando novas entrevistas para aumentar o diário de bordo”, revela.
A oportunidade de discutir, inicialmente em sala de aula, questões como intolerância religiosa e respeito às crenças de cada um significou, para ela, ganho de conhecimento e consciência. “Aprendi muito com os povos das comunidades de Traíras e Bom Sucesso, onde visitamos para conhecer a ‘Roda de São Gonçalo’, uma tradicional manifestação religiosa da região”. Posteriormente, na Feira de Ciências e Matemática da Bahia, o projeto despertou o interesse dos visitantes para as discussões sobre o combate à intolerância religiosa.
A professora de História Zeny Nunes, idealizadora do projeto ‘Manifestações religiosas para o fortalecimento do elo entre as comunidades’, destaca que a participação dos estudantes no trabalho cumpriu o seu papel de fortalecer a ligação entre a população de diferentes localidades e, acima de tudo, significou a mudança de paradigmas entre os estudantes. “Os alunos interagiram com as comunidades e entre si, passando a enxergar a beleza e o valor histórico de cada religião, contribuindo, assim, para a sua formação cidadã. Acredito que, com este trabalho, sensibilizamos as comunidades escolar e do entorno, levando-as a formar uma consciência de preservação, respeito e de identidade com os elementos místicos e símbolos religiosos”. O resultado das pesquisas e entrevistas feitas pelos alunos é mostrado em um vasto material composto por vídeos, áudios e fotografias.
Inscrições
Prosseguem até o dia 31 de agosto as inscrições para a 22ª Ciência Jovem, feira internacional promovida pelo Espaço Ciência, financiada pela Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O evento reunirá e premiará trabalhos de todos os Estados do Brasil e de outros países. A feira visa incentivar o ensino investigativo e experimental nas escolas. Para conquistar a participação definitiva no evento, os inscritos precisarão passar pelo crivo de um comitê de seleção, que julgará a pertinência dos trabalhos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site www.espacociencia.pe.gov.br.
Fonte: Ascom SEC

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje