Estudantes participam de aula de campo no Parque Zoobotânico

museu2

Os estudantes do 7° e 8° ano da Escola Estadual José de Lima Oliveira, localizada no município de Sobradinho, a 550 km de Salvador, estão sendo estimulados a produzir projetos de pesquisa a partir de aulas de campo em locais como museus e parques. O Parque Zoobotânico da Caatinga e aos museus de Anatomia e de Fauna, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), localizados em Petrolina – PE, têm sido ambientes visitados pelos alunos. O objetivo é incentivá-los a participarem da Feira de Ciências da escola, que acontece em agosto.

Segundo a professora de Ciências Cida Nunes, as visitas embasam a produção científica dos estudantes. “A partir dessas informações colhidas nas visitas os estudantes são provocados a pensar cientificamente e a buscar formas de intervenções positivas para algum problema existente em sua comunidade”, explica a educadora, que aponta a usina hidrelétrica de Sobradinho como outra área visitada para aulas de campo sobre produção e distribuição de energia.

Jadna Cristina Paiva, 12 anos, que cursa o 8° ano, ficou encantada com as excursões ao Parque Zoobotânico da Caatinga e museus de Anatomia e de Fauna. “Tive a oportunidade de ver de perto animais que nunca imaginei ver de perto. Achei interessante ver também os ossos, órgãos e animais empalhados. Isso vai me ajudar bastante a pensar no meu projeto de ciências”, comenta.

Já a estudante Ketilem Nalnda Santos, 12 ano, do 7º ano, conta que já definiu o tema a ser explorado no seu projeto. “Gostei muito de ver as diferentes espécies de cobras grandes e, por isso, quero fazer minha pesquisa sobre isso. Além disso, pude perceber o quanto os animais são importantes para a natureza e que devem ser sempre preservados”, afirma.

A próxima aula de campo dos estudantes será no dia 22 de maio à comunidade de Fundo de Pasto – São Gonçalo de Serra, situada no município, com a participação dos alunos do 7º ano e das turmas de 5º e 6º ano da modalidade Educação de Jovens e Adultos (Eja). “Eles irão fazer um levantamento fotográfico da fauna, flora e de pinturas rupestres para serem apresentados na feira e socializar com outros colegas”, destaca a professora Cida Nunes.

Fonte: Ascom SEC

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje