Colunista de A Tarde avalia perspectivas do trem de passageiros entre Salvador e Feira de Santana

O ex-secretário estadual de Planejamento, Armando Avena, que é economista e escritor, em sua coluna dominical do jornal A Tarde registou a importância do trem de passageiros ligando Salvador e Feira de Santana e as perspectivas que se abrirão com sua implantação.

Para ele, o aeroporto de Salvador possui limites geográficos que impedirão sua expansão e Feira de Santana terá, a partir de um eficiente sistema de transporte com a capital, que inclui a ferrovia, condições de abrigar um terminal de cargas e passageiros.

O colunista cita as vantagens competitivas de Feira de Santana como destino do trem de passageiros e para a instalação do aeroporto.

Nenhuma palavra sobre Alagoinhas.

O município está perdendo sua chance se tornar um importante pólo logístico.

Nem sua posição geográfica, que é estratégica, tem sido considerada pelo governo federal.

Existem muitos discursos e poucas ações concretas.

As forças políticas e empresariais de Alagoinhas precisam se mobilizar e atuar no convencimento da viabilidade estratégica do município para abrigar atividades que Salvador já não comporta mais, como está assinalado na coluna de Avena do jornal A Tarde de ontem.

O que é bom para Feira de Santana não é bom para Alagoinhas.

Sem bairrismos. É a pura realidade.

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje