Carlos Decotelli pede demissão do Ministério da Educação

Antes mesmo de tomar posse, o ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, pediu demissão da pasta, nesta terça-feira, 30. De acordo com informações do G1, o ministro foi alvo de polêmicas sobre títulos que diz possuir, desmentidos pelas instituições de ensino.

Segundo o site, a própria equipe do presidente aconselhou Decotelli a deixar o cargo. O presidente Jair Bolsonaro já considerava insustentável a situação do ministro, mesmo tendo publicado em redes sociais elogios à capacidade de Decotelli.

Os pontos questionados no currículo do ministro são: denúncia de plágio na dissertação de mestrado da Fundação Getúlio Vargas (FGV); declaração de um doutorado na Argentina, que não teria obtido; e pós-doutorado na Alemanha, não realizado.

O anúncio do novo ministro foi feito na última quinta-feira, mas no fim de semana, após se tornarem públicas as inconsistências, Decotelli nem chegou a tomar posse.

 

Fonte: A Tarde

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje