Bradesco cai na Bolsa após confirmar compra do HSBC Brasil

Bradesco Saúde

As ações preferenciais do Bradesco registravam perdas de 4,25% nesta segunda-feira. Os papéis lideravam as perdas do Ibovespa. As ações ordinárias também caiam forte, queda de 3%.

O HSBC confirmou, em relatório que acompanha suas demonstrações financeiras do segundo trimestre, que fechou a venda e toda a sua unidade brasileira para o Bradesco por 5,2 bilhões de dólares (cerca de 17,7 bilhões de reais).

O negócio deve ser concluído até o segundo trimestre de 2016. O valor final a ser pago pelo Bradesco para o HSBC ainda pode ser ajustado, para refletir o valor do ativo na conclusão do negócio.

Em comunicado enviado ao mercado nesta segunda-feira, o Bradesco afirmou que assumirá todas as operações do HSBC no Brasil, incluindo varejo, seguros e administração de ativos, bem como todas as agências e clientes.

Disse ainda que a aquisição possibilitará ganho de escala e otimização de plataformas, com aumento da cobertura nacional.

Atualmente, o HSBC conta com 5 milhões de correntistas e está presente em 529 municípios brasileiros, com 851 Agências, 464 Postos de Atendimento, 669 Postos de Atendimento Eletrônico, 1.809 ambientes de autoatendimento e 4.728 Caixas Eletrônicos.

Somente este ano, as ações preferenciais do Bradesco acumulam perdas de 8,35% e os ordinários de 4,59%.

Fonte: Exame

Maurílio Fontes

Proprietário, jornalista, diretor e responsável pelo Portal Alagoinhas Hoje